20 de jun de 2011

Maratona de São Paulo - 2011

Dados da corrida:
Largada: 8:39
Distância: 42,38km
Tempo: 03:56:17
Pace Médio: 05:34 min/km
Resultado Oficial 42,195km: 03:57:17 - http://www.chiptiming.com.br/resultados/meiamaratonadesp
Colocação: 891/2705 no Geral


Chegou o grande dia. Procurei seguir o treinamento da melhor forma possível, isso me deixou confiante em fazer um bom tempo, que seria qualquer coisa abaixo de 4 horas.

O começo sempre aquela muvuca, onde a maioria não respeita as baias por faixa de ritmo, nisso não dá pra culpar a organizadora da evento, apesar que poderiam fiscalizar melhor, como tudo no Brasil, não dá pra confiar no bom senso da população. Procurei forçar um pouco no início afim de achar um espaço livre pra correr, isso demorou 3kms, até que encaxei um ritmo e fui.

A idéia era correr todo o trecho sozinho, mas o Moacir, que pretendia fazer um ritmo médio de 5:25min/km ia me puxando, tanto que passei no km21 com 01:53hs, dando uma projeção bem otimista para o restante da prova, mas fui precavido, tava muito bom pra ser verdade e no km22, na entrada da USP falei pra o Moacir seguir em frente, pois eu iria me poupar pra tentar chegar "inteiro" no final.

No km25, pude ver a alegria de várias pessoas completando a distância e tive a ajuda dos amigos da 100 Juízo, inclusive com o Wagner me dando um copo de Gatorade. Fechei com 02:15hs. Tomei o segundo par  da cápsula de Sal (Electro++), o medo da caimbra era grande.

A partir dali, tudo fica mais quieto e solitário, mas procurei pensar em nada e aumentar o som do Ipod, mas no km29 comecei a sentir que o corpo não era mais o mesmo, diminuí um pouco até o km30, onde fechei com 2:43hs. Tomei um Gel (Accel com cafeína) que me deu uma sobrevida até o km35, fechando com 03:11hs, as projeções eram bem animadoras, dificilmente eu saíria da minha meta.

Eu esperei os dois postos de Gel que a organizadora do evento prometeu no manual do atleta, mas nada. Em 2010 funcionou muito bem com distribuição de GU, mas neste ano, que prometeram 2 postos, nada. Muita gente estava contando com estes géis, pisaram na bola feio.

Do km36 em diante, quando passamos pelo túnel Janio Quadros, o bicho pegou, encontrei com o Moacir, procurei motivá-lo e segui em frente. Este ano Não vi tanta gente passando mal, isso ajudou o pisicológico, mas o receio de quebrar feio e não cumprir a meta me deixou tenso. Os paces estavam na casa de 05:46m/km.

No km40 tive que andar um pouco e alongar, pois a caimbra no posterior da coxa chegou. Foi pelo menos 1 minuto ali, uma senhora me viu alongando, tentou me motivar e até pra fazer massagem se ofereceu, foi legal. Agradeci e toquei em frente, não querendo parar mais. Ali começa a passar um filme na cabeça e ver que valeu a pena todos os esforços, agradeci por tudo e todos e chego a conclusão que baixar mais que isso é muito difícil pra mim, pelo menos nesta maratona de SP. Cheguei bem e sem aquele pensamento mentiroso de nunca mais correr a tal maratona. Agora é descansar/treinar para curtir no Rio de Janeiro, dia 17/07.

Abaixo o vídeo da minha chegada:



6 de jun de 2011

Unimed Run - 2011

Dados da corrida:
Largada: 8:31
Distância: 9,92km
Tempo: 46:47
Pace Médio: 04:42 min/km
Link Garmin: http://connect.garmin.com/activity/90642764
Link Namiuti: http://fabionamiuti.hd1.com.br/unimed2011.htm
Resultado Oficial 10km: 46:40
Colocação: 38/98 na Faixa M3034 e 184/519 no Geral
Fotos: http://www.flickr.com/photos/equipe100juizo/sets/72157626892937014/
 
Uma das prediletas do Vale e que corro desde 2008, sempre marcada pelo frio, mas este ano tava demais. Ou seja, excelente para baixar tempos, mas não era minha intenção neste dia. Faltando duas semanas para a prova alvo, a Maratona de SP, teria que ir (tentar) tranquilo, além de que, já havia feito um treino no sábado a tarde. Mas como é dificil cumprir algumas promessas, até que comecei leve, ainda mais que larguei lá atras, junto com o pessoal da caminhada.

A idéia era servir de coelho pra alguém, e assim fui até o km1,5 com o Xará Vilhena, mas ele fez os 5km, tomando o caminho para tal distância e eu segui adiante curtindo o caminho, sem olhar muito para o relógio, até que por volta do km7 encontrei com o Bruno Narezzi e já sabendo da idéia dele de fazer um sub50, procurei animá-lo e fomos juntos até quase o final, inclusive descendo a perna naquela grande descida antes de entrar na avenida da largada/chegada.

Inclusive no final desta descida, ouvi um corredor falando que iríamos quebrar logo adiante, ruim ouvir isso né. Pronto, dali em diante não diminuí mais o ritmo, fazendo os paces na casa de 4'25'', 4'36'' e pra fechar 4'18'', tendo o prazer de fazer um sprint bonito com o Tonico! Que bacana!
Eu de azul, buscando o Tonico

Treinar para a maratona está cansativo e as vezes até deixo de participar de algumas provas para focar nos longos, mas a alegria de ver a galera, conversar e curti o clima que existe numa prova bem organizada, vale muito a pena, até pra tirar a seriedade da preparação para a "marvada".

Fiquei bem contente com o resultado, pois senti que dava pra forçar e até bater o record nos 10km. Agora é reduzir as quilometragens, ver a logística e torcer para dar tudo certo dia 19/06 em SP.

Gostaria de parabenizar ao Michel, pelo record nos 10km, mesmo com todas as dificuldades que já citou, foi lá e mandou bem demais, com uma "bela" foto de sprint, vale conferir.